segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

10ª Prova Pedestre Cidade de Londrina - 2010

Competir é sempre um desafio, acordar de madrugadinha num domingão e ainda conseguir arrastar a família, já é uma vitória (tem louco pra tudo, hehe), mas apesar disso tudo, ainda é prazeroso essa "pegada". É claro que não podíamos deixar de participar da comemoração dos 76 anos da cidade de Londrina (norte do Paraná), que realizou na manhã de ontem (12/12), a 10ª Prova Pedestre Cidade de Londrina. Só para efeito de informação, o percurso tem 10,2 km - ok. Uma grande festa para os atletas e seus acompanhantes, já que a população pouco prestigiou uma das corridas pedestres mais importantes do nosso estado (será que foi o calor que espantou, ou é falta de interesse mesmo?). Neste momento que escrevo esta matéria, não dá pra acreditar que está FRIO, contrastando com o que nós presenciamos e sentimos na manhã ontem na capital do café. O percurso é muito seletivo (difícil mesmo) com as subidas estratégicamente localizadas nos kms 3, 5 e 7. A temperatura na hora da largada (9:20 h) era de 28 graus (fonte: http://jornaldotempo.uol.com.br/), sensação térmica de 34 graus, umidade de 83%. As ruas que circundam o Lago Igapó, um lindo cartão postal da cidade, pareciam uma chapa/grelha, cheia de atletas que seriam servidos ao ponto, ou bem passado, sei lá, hehe. Muito cruel. Graças à Deus, não houve nenhum incidente grave, mas com a essa onda de calor que tem feito ultimamente, a minha sugestão (compartilhada por muitos atletas que lá estiveram) é de que o horário de largada seja revisto para pelo menos 8:30 h (pontuamente). Só quem não sentiu nenhum desconforto, foram os atletas afrianos presentes, eles SOBRARAM, tanto que Helena Garcia, coordenadora da equipe Fila (patrocinadora desses atletas), "tirou onda", dizendo: “Eles vieram aqui fazer um treino (visando a Corrida de São Silvestre 2010), até porque a prova de Londrina não é tão forte”.

Os grandes campeões da manhã foram:

1 - Anastazia M. Mhomi Gham (Tanzânia) -> 37:19 min
2 - Ilda Alves dos Santos (Brasil) -> 38:10 min.
3 - Carmen P. Martinez Aguilera (Paraguai) -> 38:49 min.
4 - Adriana Sutil (Brasil) -> 39:42 min.
5 - Lilian Priscila Leonel (Brasil) -> 40:12 min.
6 - Roseli Mateus (Brasil)- 40:37 min.




1 - Marco Joseph Marco (Tanzânia) -> 30:26 min.
2 - Mathew Kiptoo Cheboi (Quênia) -> 30:30 min.
3 - Endalen Mekonnen Tekileab (Etiópia) -> 30:30 min.
4 - José do Nascimento Souza (Brasil) -> 31:54 min.
5 - Adriano Bastos Meneses (Brasil) -> 32:33 min.
6 - Paulo José da Silva "Pokemon" (Brasil) -> 32:40 min.



Com relação à minha participação, nada de anormal, completei o percurso de 10.200 metros, dentro daquilo que desenvolvi no decorrer desse ano, sem maiores sustos. Até o km 6 estava num pace bem legal (até achei que seria o dia de tirar o tal coelho da cartola). Depois disso, até o km 8 (trecho daquela "subidinha" de 1 km), senti o cansaço e o meu rítimo caiu (aliás, deve ter sido geral, ninguém partiu para o ataque nesse lugar), mesmo recuperando a passada nos últimos 2 km (o tal coelho ficou escondido, aliás, eu acho que a cartola ficou pelo caminho, hehe), fui ultrapassado pelo amigo Adilson de Campo Mourão, que é da minha catega - M3539. À propósito, isso é só uma constatação, pois é claro que estou super feliz e muito grato à Deus por chegar até esse momento do ano, com muita disposição e saúde, ainda mais que esta foi a minha última competição de 2010, pretendo rodar mais um pouquinho e depois parar uns dias - OFF TOTAL. Se o Santo Deus permitir, em 2011 tem mais - a gente se vê.

Na foto acima, estou erguendo o belo troféu e comemorando mais um pódio com os amigos Adilson (1º) e o Marcelo Yukio (3º). E assim, fechei a prova em 24º geral, 2º M3539, com o tempo de 36:40 min.

Os organizadores estão de parabéns por mais esta corrida. Um bom atendimento: antes, durante e depois da prova. Muita água gelada, isotônico (I9) e barra de ceral, foram distribuidos à medida em cada atleta ia concluindo. Aproveito para deixar a minha sugestão para 2011: antecipar o horário da largada; tentar servir água gelada também durante o percurso e rever a questão da premiação para as categorias (quem sabe voltar a premiação em dinheiro ao invés de vale compra). Isso é detalhe e não tira o brilho desta prova.












6 comentários:

CANELAFINA disse...

\Parabens pelo desempelho uma prova importante com uma elite de peso.
Continue treinando e ano que vem voce tira o podium destes africanos. Um abraço. Eduardo

Emerson Jacques - corredor disse...

Olá Eduardo, sabe que eu até fui junto com os africanos pelos menos por uns 200 metros, mas eles não sabem brincar, hehe, e loguinho sumiram lá na frente. Realmente foi uma grande festa regada à muito suor (estava um calor daqueles), com certeza isso prejudicou uma melhor performance de todos os brasileiros. Os “internacionais/africanos” pareciam que estavam rodando no inverno, não sentiram nada, hehe. Obrigado pela visita. Grande abraço e bons treinos.

tutta disse...

A prova lá em Londrina teve ter sido bem difício mesmo heim Emerson, pois você fez um tempo acima do que você vinha fazendo.
Mas, de qualquer forma você foi muitíssimo bem. Pegou pódio. Bacana.
Parabéns por mais esta prova conclída com êxito.
E que venha 2011 com muitas vitórias pra você, tanto nas corridas como na vida pessoal, familiar e profissional.
Forte abraço e fique com Deus.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

pedro disse...

Opa aqui é o Pedro (Campo Mourão) 2011 promete eim com esses tempos que vc, adilsinho juranda a galera vem fazendo afff... tenho que penar muito mas vamo que vamo .. vcs tem bagagem ainda tenho 5 meses de carreira só rrsrss.... abrassos cara...

Emerson Jacques - corredor disse...

Olá Tutta, bom dia.

Realmente essa corrida foi muito cruel. Eu particularmente não acho o percurso pesado (apesar de algumas subidas estrategicamente existente), o grande vilão, com certeza foi a alta temperatura e a alta umidade. Pra você ter uma idéia, eu abortei o famoso aquecimento. Com um trotinho bem leve, já estava transpirando tudo e mais um pouco. Quando a gente vê o Nascimento (4º lugar), que corre fácil pra 29/30 min., de repente fazendo quase 32, tem alguma coisa estranha. Com relação ao tempo final, no km 10, eu passei dentro do que desenvolvi nesse ano, sem nenhuma novidade. Aí,nos últimos 200 mts (com um famoso cotovelo de 180 graus) foi tentar apertar um pouquinho, pra terminar logo. Realmente fiquei feliz por subir no pódio e ganhar um belo troféu. Mais uma vez, muito obrigado pela mensagem de estímulo que você sempre deixa. É uma satisfação tê-lo como amigo e que no decorrer de sua vida, muitos dos seus sonhos se tornem realidade, não somente em 2011, mas em 2012, 2013, 2014... Fique com o nosso Deus, e que ele ilumine os seus passos. Grande abraço.

Emerson Jacques - corredor disse...

Olá Pedro (agora não esqueço seu nome), satisfação tê-lo como seguidor do blog. Mesmo voce sendo "novato" nas corridas de rua, voce já tem tempos bem significativos e que impõe respeito à qualquer veterano. Deus dando saúde, o resto é detalhe e perseverança. Com a permissão dEle, nos vemos pelas rústicas. Grande abraço e a minha dica é: submeta seus sonhos à Deus para que quando houver a realização do mesmo, seja uma benção na sua vida, porque o nosso Deus sabe o que faz.