terça-feira, 24 de novembro de 2009

Avaliação médica

Periodicamente eu gosto de "postar" este lembrete. Eu particularmente o considero de suma importância. Ninguém duvida de que o treinamento físico diário é muito saudável e que as competições são super legais e divertidas. Mas para que esta opção de vida seja continuada e responsável, o negócio é cuidar da SAÚDE. Daí a importância de FAZER CHECK-UP REGULARMENTE (hemograma, eletrocardiograma, ecocardiograma, teste ergométrico). O nosso amigo JORGE - RJ, sugeriu incluir uma visita ao dentista(comentário feito na dica do ano passado). Por conta desses check up´s, em 2007, ao fazer o ecocardiograma, descobri que tinha PVM (prolapso valvar mitral). No meu caso, uma discreta alteração no funcionamento da válvula que libera a passagem de sangue para o coração. Graças a Deus, eu sou do tipo assintomático e essa patologia é congênita (nasci com isso). CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE PVM. Se for possível, façam esse acompanhamento com um especialista em medicina esportiva. Vejam o porquê. Na semana seguinte à Meia Maratona de Maringa, no mês passado, visitei meu cardiologista para realizar os "famosos" exames (já que eu os faço anualmente). Graças a Deus, nenhuma alteração em relação aos anteriores, mas para minha "surpresa", num diálogo "estranho", o médico pediu que eu não mais realizasse treinos exaustivos visando performance competitiva. A sugestão dele foi de que eu somente fizesse dos treinos, uma atividade saudável de lazer e não mais uma busca para baixar tempos. Isso chocou na hora e nos dias que se seguiram. Mas pela graça e misericórdia de Deus, entrou em ação meus amigos corredores, da qual eu sou muitíssimo grato pelo imenso apoio. Todos foram muito importantes e depois de ouvir alguns sábios conselhos, o Edson "Zé do Cano" pegou todos os meus exames pra levar no cardiologista dele (também corredor), o prof. Gilberto começou estudar o caso à fundo e me municiar de informações interessantes e o Lú, conseguiu antecipar uma consulta com o cardiologista especialista em medicina esportiva. "O cara" tem agenda apertadíssima aqui em nossa cidade. Esse profissional, analisa um atleta e não somente um indivíduo que faz uma "corridinha" lá de vez em quando no final do dia. Ele pediu para refazer todos os exames com outros profissionais (indicados por ele), outros aparelhos, outra visão clínica. Inclusive, na próxima sexta-feira, farei o último exame (teste ergoespirométrico) para que ele faça uma avaliação mais precisa do que realmente eu posso ou não fazer. Por esta razão, não estou participando de nenhuma competição. Até segunda ordem, estou curtindo as "rodagens" de "cabeça boa", sem encanação e seguindo o que o cardiologista anterior sugeriu, "só no sapatinho, hehe". É por isso, que esse tipo de precaução precisa ser inserida na mente de quem pratica atividade física periodicamente e regularmente (profissional ou amador). Não dê "sopa para o azar", faça a sua avaliação o quanto antes, para realizar bons treinos e ótimas competições. Valeu galera e até mais.

Um comentário:

Anderson Vieira disse...

Colega, também descobri ontém um discreto escape na valvula mitral PVM, adoro correr e sigo rigorosamente uma planilha de treinos de longo, tiros forte e tudo mais, treino 5 vezes por semana alem de pedalar, meu médico me liberou para competição, você treina forte também?