terça-feira, 21 de abril de 2009

35ª Prova Rústica Tiradentes

Hoje eu começo o meu relato agradecendo e honrando aquele que me dá VIDA e SAÚDE gratuitamente e me pede muito pouco em troca - SANTO DEUS YAHWEH (Javé). Passei e semana passada inteira com gripe alérgica, cheguei a pensar em não participar desta competição, pois mesmo treinando "normal" sentia um desgante físico muito grande, inclusive no último domingo sofri além do normal para rodar só 50 minutos e olha que foi bem leve. Mas naquela noite, eu recebi duas palavras que mudaram tudo, uma delas dizia assim: "UNS CONFIAM EM CARROS E OUTROS EM CAVALOS, MAS NÓS CONFIAMOS NO SENHOR DOS EXÉRCITOS, UNS TROPEÇAM E CAEM, MAS NÓS NOS LEVANTAMOS E FICAMOS EM PÉ (Salmo 20) a outra citação foi a do Salmo 118 (não deixem de ler este texto por favor), eu acreditei na fidelidade dEle e não nas minhas pernas, braços ou pulmão. Não se esqueçam que se Deus não permitir, a gente não passa da linha de largada. Por isso hoje, com a graça dEle, fiz uma excelente prova e ainda de quebra, bati meu recorde pessoal em provas de 10 km. Agradeço também: ao prof. Luciano que voluntariamente nos treina e acredita em nosso potencial; ao prof. Gilber que sempre está no local certo para despejar um caminhão de motivação; ao aniversariante "patrão" Zé Jorge que sempre nos contagia com sua garra; à minha familia que sempre está presente; aos parentes e amigos que gritaram meu nome e me empurraram até o pórtico de chegada para eu fechar com o tempo líquido de 35:12 min - 53º geral - 9º M3539 (3º melhor maringaense). Bom, vamos à corrida, já que na tarde de hoje a temperatura estava agradável, um calor normal para um fim de dia, nada sufocante. Aliás, sufocante foi a largada, um funil extreito para mais de 3000 pessoas passarem e antes do primeiro mil a gente já estava atropelando as últimas mulheres. Quero ressaltar que a organização da prova é impecável, a começar pelo cumprimento dos horários, 16:55 h (largada feminina) e 17:00 h (largada masculina), distribuição de água em pontos estratégicos e o pessoal de apoio que são fantásticos. Porém acredito que isto pode ser melhorado. Por que não usar as duas vias? Em outros eventos de grande porte só largam primeiro as mulheres do grupo de elite, não dá para fazer o mesmo? Fica aqui minha sugestão. É claro que isso não tira em nada o brilho da prova, e todos que foram lá, viram uma prova de altíssimo nível técnico, não só entre os profissionais, mas entre os amadores também. Foi com certeza uma grande festa para toda a comunidade maringaense que mais uma vez deu show e saiu às ruas para prestigiar os atletas. Eu amo Maringá a amo participar desta competição porque ela é feita por gente séria e responsável. Esta prova é muito dura, como já disse em outras oportunidades, é um verdadeiro "engana bobo", pois cerca de 50% é subida (nada que assuste muito, só minam as forças sem a gente perceber) e os outros 50% é dividido entre descidas e plainos (que são discretos, mas o suficiente para exigir da "máquina"). Aos atletas da nossa equipe CG Action/Acorremar meus parabéns. Literalmente suamos as camisetas e como resultado: 2º lugar no masculino e 5º lugar no feminino por equipe, para orgulho dos corredores, do patrocinador e principalmente do Sandro Cabral que organizou praticamente tudo sozinho e ao Alexandre Moran que montou nossa barraca para concentração e ponto de encontro dos atletas antes e depois da corrida. Os grandes campeões desta edição foram os atletas do Quênia, Biwott Stanley Kipleting com o tempo de 29:18 min. no masculino e Eunice Jepkirui Kirwa com o tempo de 32:45 min. no feminino. É isso aí amigos, mais uma história contada na base de muito esforço e suor. Espero que para todos, tenha sido legal correr aqui em Maringá, mesmo que o tempo final não foi o desejado, saibam que a vida não se resume a isso, pensem no melhor que fizeram e tenham certeza que ao cruzarem a linha de chegada voces foram os grandes vencedores do dia e gritaram silenciosamente: SIM À SAÚDE. Recebam os meus cumprimentos e saibam que os respeito muito, porque mais uma vez se entregaram de corpo e alma e fizeram deste evento, um sucesso. Até a próxima.

Na foto acima, estou no km 4,5 subindo a Av. XV de Novembro. A fotógrafa oficial do blog - "patroa" Cleide, pede desculpas, mas dessa vez as fotos não ficaram tão boas assim.


CLIQUE AQUI E VEJA 101 FOTOS


RESULTADO OFICIAL


SAIBA MAIS NO SITE DA ACORREMAR


99 FOTOS - BLOG DO SANDRO - PARTE 1


VEJA MAIS - BLOG DO SANDRO - PARTE 2


SITE DA PREFEITURA - PARTE 1


SITE DA PREFEITURA - PARTE 2

Um comentário:

...tuttA... disse...

Olá Jacques, meus parabéns pela prova.
Vc correu muito bem mesmo.
Além de estar gripado uma semana antes fazer na casa de 35 minutos tá excelente.
Infelizmente não consegui te ver por aí.
A primeira coisa que procurei ao chegar em Maringá foi procurar na listagem, qual seria o seu número de peito.
Quando vi que seria o 1332, falei pra todos os meus amigos que se vissem alguém com esse número me avisassem, pois era meu amigo.
Mas infelizmente ninguém viu.
Mas fiquei procurando desde antes até depois da prova, mais foi em vão.
Concerteza haverá outras oportunidades, pois em Maringá ainda acontecerá mais provas até o final do ano, e se eu puder continuar correndo irei aí.
Digo poder continuar correndo porque depois do final da prova senti um incômodo no joelho direito, e este mesmo joelho me deixou afastado da corrida por quase 40 dias no início do ano passado.
Ontem tentei correr, mas quando o pé tocava o chão a dor era imensa, corri apenas 200 metros e parei.
Vou ficar uma semana de repouso e se não melhorar irei oa médico.
Mas, dê uma passadinha lá no meu blog e veja o meu relato da prova.
Não fiquei muito satisfeito com a organização não.
Abraços e parabéns novamente.

...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com